sábado, 18 de dezembro de 2010

Cenas fortes

Prosseguindo, é fundamental dizer que a necessidade de um recurso alternativo ao aleitamento materno é fato para muitas sociedades desde que o mundo é mundo.

Quando os alimentos industriais para alimentar bebês começaram a ser produzidos, isso constituiu uma saída pra muitas crianças órfas etc. Mas a coisa foi crescendo, todo mundo aderindo aos tais leites artificiais. Até que pesquisadores, a partir dos anos de 1930, começaram a relacionar os tais leites à mortalidade e morbidade infantil.

Eram tantos sinais contrários à segurança dos leites que uma organização caritativa britânica de nome "War on Want", dedicada a recolher donativos para as populações necessitadas do chamado "Terceiro Mundo", resolveu investigar as consequências de seu próprio trabalho, contratando o jornalista Mike Muller.

O resultado foi o relatório que recebeu o título "The Baby Killer" (O Matador de bebês).

E foi esse relatório que desvelou a realidade da administração de leites artificiais por meio de mamadeiras ao mundo, acarretando uma verdadeira revolução no paradigma científico acerca da alimentação de bebês.

A reportagem "Fórmula Fix" foi realizada pela TV australiana. Eu a considero a "versão em vídeo" do relatório de Muller.





Um comentário:

  1. Oi Cristine, tudo bem? Estava procurando onde conseguir uma edição do "Matador de bebês" e vi um link e acabei achando tua página!
    Te conheci em Santos no ano passado, no ENAM, quando apresentaste teu trabalho sobre design das mamadeiras.
    Parabéns pela sua página e pelo seu trabalho! Vou "aparecer por aqui" mais vezes. Abç Roberto Mario Issler, pediatra, Porto Alegre, RS - robertoissler@terra.com.br

    ResponderExcluir